Entenda o Marketing

Set
2011
05

postado por sambuzz | em , , Signispress | comentários

marketing

MARKETING, essa palavra já é usual nos nossos dias. Desde o final da segunda guerra esse conceito é mundialmente difundido. Mas afinal, o que é marketing? Se você já se fez essa pergunta, e movido pela curiosidade ou pela necessidade, foi atrás da resposta, provavelmente se deparou com as mais variadas explicações. O objetivo deste artigo é simplificar o que a maioria - por desconhecimento, insensibilidade ou propositalmente - tentam complicar.

Em um único conceito, marketing é comercialização. No inglês, essa é a tradução literal - comercializar - mais precisamente, "mercadalizar" (sim, sabemos que essa palavra não existe!!). Tornar próprio ao mercado. Não vamos citar aqui Kotler ou Drucker (poderíamos, mas não vamos!), pois isso não é um artigo acadêmico. A teoria é muito importante e complementa a prática, mas vamos te poupar da teoria... e iremos direto para a prática. A boa prática.

Marketing é um conjunto de técnicas e métodos, aplicados como arte para atingir um determinado fim. Arte? Sim e explicamos: arte é uma habilidade técnica aplicada esteticamente para um outro fim. Uma pintura de Cezanne ou uma intervenção de Hirst procura trazer algo a mais que o exposto esteticamente - uma mensagem, uma revelação - mostrar algo. Assim, o marketing e suas escolas também buscam um resultado para além do discurso apresentado. Tudo o que sua empresa ou marca fizerem para obter mais vendas ou mais lucro é um esforço de marketing. Porém nem todo esforço é artístico.

Vamos a um exemplo concreto: A cultuada Coca-Cola, criação de Pemberton e Robinson, foi na verdade um grande fracasso. Como assim?! Era inicialmente um tônico fortificante, a base de álcool. Porém em 1884, o puritanismo americano condenava o álcool, e nenhuma pessoa decente poderia ser visto tomando-a. Foi preciso um reposicionamento, ligando o xarope a um costume da época (misturar xaropes com água gasificada), para que as vendas iniciassem - e mesmo assim, por mais de 10 anos foi um fracasso. Foi só quando Asa Griggs Candler, empresário e farmacêutico comprou a fórmula e começou a trabalhar a marca ao invés do produto, que a Coca-Cola começou a se tornar o que é hoje.

E não se enganem - custou e custa muita energia (dinheiro, tempo e recursos humanos) para criar e manter uma boa marca. Mas por esse exemplo citado e muitos outros, temos certeza que vale a pena investir em marketing. Todo esforço feito isoladamente (anunciar, panfletar, fazer promoções de vendas, etc...) são esforços de marketing, mas se não houver um direcionamento, uma política consistente que diga algo a mais do que "quero ter mais lucro", os resultados serão mínimos. Porém, qualquer coisa é melhor do que nada! Não fique parado... acenda sua idéia!

2 comentários

  1. o olho
  2. signis

Deixe seu Recado